Tarja Editorial

RSS

Posts tagged with "tarja editorial"

COMO FUGIR DE ARQUETIPOS DE BOM & MAU EM SUA HISTÓRIA (ou FICA A DICA:)

Este foi o título da oficina que ministrei na Fantasticon deste ano. Estou usando-o novamente pois em minhas eternas pesquisas

(porque um bom estudioso nunca considera que sabe tudo de um assunto) encontrei duas colocações num livro de psicologia que eu acho bastante relevantes a respeito do assunto e gostaria de dividi-las. 

Na oficina eu comentei que um fator importante é deixar de lado a ideia de que quem se oporá ao protagonista é o vilão, e se o primeiro é naturalmente bom, o segundo é naturalmente mau. 

Assim, vejam a colocação:

“… é surpreendente observar como até mesmo os mais desagradáveis patifes e os piores criminosos facilmente conseguem fazer isso. Quer se trate de um traficante sem consciência, de um tirano frio como gelo ou de um impiedoso verdugo – seu ego também não encontra problemas em desenvolver uma imagem surpreendentemente favorável de si mesmo, atribuindo a culpa de todo mal às outras pessoas, a motivos de força maior ou a circunstâncias compulsórias.”

Ou seja, essa ideia de vilão que sabe e se acha vilão, com direito a risada maligna e coisa e tal, cria um estereotipo infantil e que, a não ser que estejamos escrevendo com o objetivo de aliviar nossa consciência, praticamente não funciona mais. Um exemplo deste ‘alívio’, como nação, é o caso dos Estados Unidos nos últimos 20 ou 30 anos, que tem deflagrado guerras para ‘lutar pela liberdade’ embora eles praticamente só lutem onde tem petróleo.

A colocação seguinte, inclusive, completa a de cima. Diz ela que:

““A ‘imagem viva’ precisa da sombra para parecer plástica”, diz Jung. “Sem a sombra, ela é uma ilusão bidimensional””. 

Ou seja, de modo a parecer real, a ‘imagem viva’, no caso o personagem, precisa de um contraponto em si mesmo. O vilão precisa ter uma parte boa, ou se achar bom lutando contra algo maior, e o herói também ter um lado negro. Senão eles serão mais caricaturas, estereótipos, do que arquétipos, não chamando a atenção ou criando ligação com o leitor.

Como eu mesmo já coloquei por aqui:
‘Tenha uma ideia original, crie uma trama interessante e escreva uma boa história, e você venderá um livro; faça isso e crie um PERSONAGEM CARISMÁTICO e você venderá quantos livros escrever sobre ele.’
Por Gianpaolo Celli, editor.

Leitura Dramática do primeiro trecho do capítulo 2 “Os Problemas Existenciais da Minha Gerente”, do livro A Situação, de Jeff Vandermeer, que saiu pela Tarja Editorial em 2011.

Feliz Dia dos Professores!
Fonte: Oclumência

Feliz Dia dos Professores!

Fonte: Oclumência

Revolução no Universo de Todos os Olhos, em breve.

Revolução no Universo de Todos os Olhos, em breve.

Chegou a tradução de “The Alchemy of Stone”, da russa Ekaterina Sedia, que será publicado no Brasil pela primeira vez pela Tarja Editorial. Ansiosos?

Chegou a tradução de “The Alchemy of Stone”, da russa Ekaterina Sedia, que será publicado no Brasil pela primeira vez pela Tarja Editorial. Ansiosos?

Aug 8
carolchiovatto:

Camisetas para usar na Bienal do.Livro de SP :) (Publicado com o Instagram)

carolchiovatto:

Camisetas para usar na Bienal do.Livro de SP :) (Publicado com o Instagram)

Duas personagens do próximo lançamento da Tarja Editorial, Resvalamentos - A Chave dos Reinos, de Richard Diegues, que encerra a série O Universo de Todos os Olhos. Os anteriores foram Tempos de AlgóriA e Catrina e O Universo de Todos os Olhos (este último, um imenso sucesso de vendas).

Duas personagens do próximo lançamento da Tarja Editorial, Resvalamentos - A Chave dos Reinos, de Richard Diegues, que encerra a série O Universo de Todos os Olhos. Os anteriores foram Tempos de AlgóriA e Catrina e O Universo de Todos os Olhos (este último, um imenso sucesso de vendas).

Não vamos revelar que isto se refere ao lançamento do livro Metanfetaedro, da @alliahart

Não vamos revelar que isto se refere ao lançamento do livro Metanfetaedro, da @alliahart

Queers amarelos recém-saídos da gráfica.

Queers amarelos recém-saídos da gráfica.

Homofobia: É Guerra, é?

flqueer:

Artigo do escritor Osiris Reis, autor do conto Queda, que abriu o volume Laranja d’A Fantástica Literatura Queer.